Este site usa cookies. Através dela você concorda com a sua utilização, de acordo com as configurações atuais do navegador.
Aceito

Loading...


Pesquisa Menu
A A A Alto contraste: A A

Portal de Promoção de Exportações



Europa 500

Wyślij Impressão Pobierz Ele adicionou: Bogdan Zagrobelny | 2015-10-20 20:29:05
aktualności

A Deloitte e a "Rzeczpospolita", no relatório "CE Top 500", apresentaram os resultados da análise das 500 maiores empresas em 18 países da Europa Central e na Ucrânia.

A Deloitte e a "Rzeczpospolita", no relatório "CE Top 500", apresentaram os resultados da análise das 500 maiores empresas em 18 países da Europa Central e na Ucrânia. A Polónia na 9ª edição deste ano aumentou a sua representação de oito empresas e consistentemente mantém uma posição de liderança em termos de número de empresas (170 empresas polacas entre 500).

O relatório confirma a forte posição da Polónia na região e prosseguindo com as tendências do ano passado - o crescimento das receitas, um número crescente de empresas e diversificação considerável dependendo de setores e país. O ranking mostra que a média das receitas de 500 empresas aumentou de 3,1%. Em 2014 tiveram um crescimento elevado: a indústria (3,1%), devido essencialmente ao setor automóvel e setor de bens de consumo e de transportes (2,3%).

A Polónia é líder indiscutível do ranking. Na lista das maiores empresas da região encontram-se 170 empresas polacas, que correspondem a 36,1% das receitas de 500 empresas incluídas no ranking. O resumo pelo 2º ano consecutivo abre a PKN Orlen, que com receitas de 25,5 mil milões de euros em 2014 ultrapassa o consórcio húngaro MOL e a empresa checa Skoda Auto. As empresas polacas também se destacam nos rankings setoriais. O PKO BP é o maior banco na região, a maior seguradora é a PZU e a cadeia de lojas Biedronka da Jerónimo Martins Polska é o líder comercial.

Fonte: Deloitte